quarta-feira, 3 de março de 2010

O inicio

Nasce o dia. Nasce também as historias. Defeito ou virtude?? Uma das coisas que Eu e Dam prezamos na vida é fazer aquilo que temos vontade. Claro que sempre dentro de nossas condições fisicas e financeiras. Será?? Acreditamos (Dam acredita muito mais que eu) que quando se quer muito uma coisa o universo trabalha para que você consiga (O Segredo, Lei da atração...) isso é verdade porque foi em Setembro que tudo começou. Estavamos na chácara sozinhos falando de nossas aventuras quando eu expressei meu sonho de conhecer Paris e Portugal.
Numa de nossas ida ao shopping fizemos uma cotação. Depois veio a certeza de que iriamos (não sabia quando), outras pesquisas na internet, outras agencias de viagem e a cada nova pesquisa parecia que Paris estava nos chamando. No mês de Outubro Dam completou 25 anos de trabalho na empresa e em Dezembro fariamos 20 anos de casamento. Oportunidade certa??
Não. O momento certo é aquele que você vive. Assim foi se criando vários motivos pra que a gente pudesse por em prática esse sonho. Novembro/2009 entramos numa agência e compramos nossas passagens. A data? Pensei em conciliar a Maratona de Paris (fiquei imaginando o Dam correndo na Champs Elise). Até ai foi fácil.

Quanto custa uma viagem dessas?? Podem acreditar que se souber fazer direitinho será bem menos que ir de férias no Norteste.
Saimos da agência e fomos para uma livraria. (compramos um guia de conversação para viagem que até agora li umas 20 páginas) e fizemos um check list do que levar.
Primeira parada: "Policia Federal". A pior parte deste tramite é marcar hora porque só pode pela internet e você só tem 1 hora por dia para ser uma entre as 100 pessoas que eles atendem por dia. Dois dias depois. Varias tentativas marcamos nosso horario para levar os documentos. Tudo certinho agora é só aguardar.

Mês de Janeiro nao tivemos muito tempo pra pensar em viagem. Muita coisa aconteceu com nossos familiares, amigos e mesmo com o mundo. O que fez que desviassemos um pouco o foco. Choveu intensamente, houve deslizamentos e enchentes horriveis. Muitas pessoas morreram no Haiti devido a terremotos, parentes e amigos perderam suas casas, desemprego, falta de dinheiro, perdas sem reparações e muitos ficaram sem rumo. Assim como eles Dam e eu também ficamos sem chão e chegamos até a cogitar sobre um cancelamento temporario. Chegou fevereiro. Graças a Deus. Mesmo que não tenha sido desviado totalmente a nuvem negra que pairou sobre nós e no mundo parece que houve uma melhora. Ainda assim tivemos outros acontecimentos tristes mas que aos poucos e com um pouco de esperança e fé e principalmente sem comodismo se resolveriam.

A viagem foi sendo colocada de lado por uns dias. Confesso que eu fiquei um pouco desanimada com tantas tristezas.
Em meados de Fevereiro conheci mais um amigo, que numa conversa me disse que cada pessoa recebe exatamente aquilo que tem direito. Nem mais, nem menos. Pois é. Eu e Dam conversamos muito e foi assim que eu percebi que cada um tem que viver sua propria vida conforme suas proprias escolhas.

Um comentário:

  1. eu quero todas as dicas, esse é o nosso sonho secreto ... xiiiiiii

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...